Processo de Regulagem // Henrique Luthier


Olá pessoal, hoje o assunto aqui é, regulagem!

E é claro que no dia a dia nós fazemos muitas, mas muitas mesmo! Todos os dias são regulados por aqui instrumentos como guitarras, violões, baixos, violas, cavaquinhos, violinos, e até alguns instrumentos diferentes como lira, harpa e etc.

Mas afinal, o que é regulagem?

Regulagem é um procedimento feito para, garantir a melhor tocabilidade e afinação de um instrumento musical e todos os instrumentos musicais, precisam de ajustes rotineiros.

Seja um instrumento novo ou não, com o tempo ele acaba necessitando de cuidados.

Vale ressaltar, os problemas que a regulagem ajuda a evitar.

Oxidação das partes metálicas:

A limpeza e lubrificação das partes metálicas é importante para evitar o efeito da oxidação. Em sua maioria as peças dos instrumentos recebem uma camada de proteção que pode ser cromagem, douragem, ou tinta eletrostática e etc.

Uma vez que essa camada de proteção é rompida pela oxidação, o acabamento acaba se corroendo e se perdendo. Por isso a importância dessa limpeza rotineira.

Descolagem e trincamento da madeira:

Sob tensão, o instrumento pode acabar trincando ou descolando, isso porque o clima úmido ou o calor, podem dilatar a madeira, ou contraí-la e até provocar uma descolagem das partes.

A regulagem previne esse problema, pois no serviço, é feito a lubrificação da madeira que não tem proteção, como escala e cavalete, evitando o efeito do clima sob essas partes.

Empenamento:

Quando falamos em empenamento, as pessoas já lembram do braço do instrumento torto. Mas não é só o braço do instrumento que pode vir a empenar não. O tampo do violão por exemplo, pode ceder com o tempo, por falta de regulagem adequada, além do braço, que naturalmente está sob constante tensão das cordas.

Por isso, é importante manter essa regulagem em dia, para evitar danos futuros a seus instrumentos e assim mantendo-os por mais tempo em boas condições.

Desafinação constante:

A afinação do instrumento, é muito importante para garantir uma boa música, sendo assim a regulagem é importante para manter a afinação do instrumento por mais tempo e diminuir a necessidade de se afinar o instrumento a cada música. 

Tendinites e lesões nos músculos:

Isso mesmo, instrumento desregulado, exige ao músico ou amante da música, excesso de força e cansaço muscular.

Por isso uma boa regulagem permite a melhor tocabilidade, evitando desgaste do músico. Inclusive aqueles que estão começando a tocar podem se beneficiar mais ainda, pois com uma boa regulagem fica muito mais fácil de aprender a tocar.

O que fazemos nesse serviço:

Confira o vídeo abaixo de como é feito o ajuste de um instrumento em nossa luthieria:

Pode-se observar no vídeo, que além de uma bancada de trabalho devidamente protegida, são utilizadas ferramentas e gabaritos específicos para garantir o melhor ajuste.

São vários os processos:

Limpeza das partes metálicas,

Lubrificação da madeira exposta,

Limpeza e polimento da escala e dos trastes,

Aperto de parafusos e peças que estejam soltas ou soltando,

Colocação correta das cordas,

Regulagem do tensor,

Regulagem da altura das cordas,

Regulagem da pestana,

Regulagem da ponte,

Regulagem das oitavas,

Limpeza geral  do verniz e peças,

Tudo isso feito para garantir o melhor ajuste.

Então já sabe, precisou de regulagem de guitarra, violão, baixo, violino, viola e etc, procure nossos serviços de Luthieria em BH

São 15 anos de experiência em instrumentos de cordas.

Um grande abraço e até o próximo post, 

Henrique Luthier